Home > andarilho > O Uruguai é aqui!
08/04/2021 andarilho

O Uruguai é aqui!

Uma pequena expedição por onde era pra ser o que hoje não é

Passava das 14h quando partimos de Concórdia rumo a Volta Grande, interior do município de Alto Bela Vista. Pouco mais de 35 quilômetros, quase tudo asfalto. Um pouco de estrada de chão, cascalho bem colocado, o Rio do Peixe se revela à esquerda e numa entrada pouco sinalizada, a balsa espera. 

Tenho chamado essas viagens para o interior de “expedições para dentro”. Tudo o que essa pandemia trouxe tem essa coisa de olhar pra dentro e olhar pra dentro pra mim significa vasculhar possibilidades não automáticas, como se estivéssemos procurando por um brinquedo dentro de um baú. As coisas geralmente sempre estiveram ali, mas, às vezes, por esquecimento ou distração ou desatenção, a gente acaba não vendo, olhando, sentindo. 

Na escolha pelo primeiro lugar para a expedição, procurei pela origem da Colônia Concórdia, muito antes da emancipação administrativa, em 1934. Pelos registros e relatos de um amigo, decidimos pela comunidade chamada Volta Grande, ali em Bela Vista. Logo que chegamos, ainda no Rio do Peixe, pedaços do que foi uma ponte explicam a utilização da balsa: a grande enchente de 1983, como disseram os moradores, levou tudo. 

Por um caminho bem arborizado e com poucas casas, chegamos no cruzamento com a estrada de ferro, construída ainda em 1910 que ligava São Paulo ao Rio Grande Sul, em um momento de grande agito na região. Agora, o único barulho de trem vem da Maria Fumaça que passa nos finais de semana levando os turistas de Marcelino Ramos para Piratuba. 

Na rua principal, um bar oferece a cerveja mais gelada da vila. Perguntei para a dona o que eles eram, assim, “administrativamente” falando: “Não somos mais nada. Eu até pensei em fechar, estou velha pra isso. Mas aí pensei, onde essa gente toda vai tomar cerveja e comprar gás aqui em Volta Grande?”, nos contava, às gargalhadas. Perguntou de onde éramos e quais os nossos sobrenomes. Quando mencionamos Concórdia, ela calmamente nos disse: “Concórdia era pra ser aqui”. 

Depois de visitar outras pequenas construções no entorno, decidimos seguir viagem pra ver o pôr do sol do mirante de Alto Bela Vista. Seguimos a direção para procurar pelo Uruguai, um distrito de Piratuba que fica grudado em Volta Grande. Ainda meio atônitos com tudo o que já tínhamos presenciado naquela tarde quente de primavera, vimos no meio do caminho um senhor parado no meio da estrada. Paramos. 

“Boa tarde”. “O senhor sabe nos dizer onde fica o Uruguai?”. “O Uruguai?”. “Isso, o Uruguai”. Às gargalhadas ele levanta as mãos olhando ao redor, olha pra gente sorrindo e diz: “O Uruguai é aqui!”. E nós, definitivamente, estávamos perdidos do lado de dentro do que a gente nem sabia que um dia existiu, mas que sempre esteve ali.


AUTOR

Artêmio Filho

Colunista convidado da FV, é administrador, produtor e gestor cultural de Concórdia, na Sabiá - Gestão Criativa
LEIA TAMBÉM