Home > cultura > Festival Nacional de Teatro de Chapecó
27/05/2022 cultura

Festival Nacional de Teatro de Chapecó

Fundação Cultural abre edital de seleção de espetáculos para 13ª edição do evento, que acontece em agosto

O Festival Nacional de Teatro de Chapecó será retomado em 2022 e já tem data marcada para sua 13ª edição: 26 a 30 de agosto, no Centro de Cultura e Eventos Plinio Arlindo de Nes. Por isso, a Fundação Cultural de Chapecó lança nesta semana o edital 002/20222 de seleção de espetáculos para o evento.

De acordo com a presidente da Fundação Cultural, Roselaine Vinhas, o objetivo é difundir o fazer teatral em Chapecó e na região Oeste de Santa Catarina. “O Festival é uma oportunidade de acesso a grandes espetáculos, tanto para o público, quanto para os artistas, além de fomentar a produção local das artes cênicas”, afirma.

Serão selecionados até cinco espetáculos teatrais para a Mostra Nacional, que além da apresentação, inclui roda de conversas, até quatro espetáculos para a Mostra Local e até quatro Ações Formativas com carga horária mínima de oito horas, que compreende oficinas, workshops e outras ações relacionadas ao universo das artes cênicas.

O valor total de premiação para os selecionados é de R$ 70 mil, oriundos do Fundo Municipal de Cultura. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas exclusivamente pelo email culturaeditais@chapeco.sc.gov.br, anexando a documentação necessária. A relação de documentos pode ser consultada no edital, no site da Prefeitura. A seleção será feita por uma comissão que analisará a documentação e a proposta dentro dos critérios de avaliação. O resultado será divulgado no dia 18 de julho.

O Festival Nacional de Teatro de Chapecó foi fundado em 2009, idealizado pela Fundação Cultural de Chapecó e Associação Chapecoense de Teatro (ACATE) e por iniciativa do então prefeito João Rodrigues. Uma das peças nacionais já encenadas em Chapecó foi O Santo e a Porca, de Ariano Suassuna.


Texto e fotos: Prefeitura de Chapecó

AUTORA

FVcomunica!

Revista Flash Vip, contando histórias desde 2003.
LEIA TAMBÉM